Home / Diversos / Programa Bora Belém Benefício De Renda Básica

Programa Bora Belém Benefício De Renda Básica


Bora Belém Programa Social Auxílio Emergencial

A Câmara do Município de Belém decidiu aprovar hoje o novo programa chamado Bora Belém Renda Mensal, onde a previsão é o pagamento de ao menos quatrocentos e cinquenta reais para a população considerada atualmente como mais vulnerável, e no total de trinta e cinco vereadores, trinta e quatro decidiram votar a favor do pagamento do beneficio.

E aprovado sem nenhum tipo de emenda o projeto já tria sido uma promessa na campanha que o atual prefeito Edmilson Rodrigues do PSOL fez, e segundo ele a decisão entrou para a história do país, e em seu mandato o mesmo não descansaria até que acabassem as famílias com fome na rua, e as crianças pedindo esmola o tempo todo.

E segundo o presidente da CMB, Zeca Pirão isso mostra que os vereadores de Belém estão realmente preocupados com a situação do povo, e dessa forma o Bora Belém foi aprovado com tanta facilidade assim, o que vai ajudar a melhorar a condição de vida dos que se encontram mais vulneráveis no país.

Entenda Mais a Renda Mensal

O cadastramento das famílias que solicitarem o beneficio ficará, a princípio, a cargo da Fundação João Paulo XXIII (Funpapa). Ela ficará responsável pela gerência dos cadastros e saber sua veracidades ou necessidades, aproveitando o Cadastro Único – CadÚnico em Belém, dúvidas entre em contato pelo telefone da Funpapa: (91) 3279-5427 – Central do Cadastro Único. Ou entre na página da Fundação: www.belem.pa.gov.br/app/funpapa – Veja o que a CMB informou: www.cmb.pa.gov.br/cmb-aprova-regime-de-urgencia-do-projeto-bora-belem/.

Novo Auxílio Bora Belém

E conforme pedido da própria prefeitura, todos os vereadores de Belém fizeram pessoalmente uma reunião e também virtual, na quinta feira dia sete na sessão para que o projeto de lei fosse votado, e a prioridade do momento será a ajuda para as pessoas que estão mais necessitadas, e que por algum motivo vivem uma situação vulnerável sem renda suficiente para o básico dos seres humanos.

Porém para que esse projeto possa ser votado em caráter emergencial, é necessário o requerimento de um acordo, do regimento interno da Câmara de Belém, e segundo o artigo cento e dezenove para que o regime de urgência seja decretado é necessário que o plenário aprove o requerimento, porém o mesmo foi aprovado com tanta rapidez que até causou espanto.

Segundo vereador Mauro Freitas do PSDB o projeto é sim muito importante porém o mesmo decidiu não votar pelo fato de que a votação para o projeto foi adiado para o outro dia, segundo ele por esse motivo ele resolveu que não iria votar a favor do projeto, o que claro, já levantou a suspeita de muitos para o fato da sua negação.

Visão De Políticos De Outros Estados

O fato do projeto ter sido aprovado com tanta facilidade foi de grande indignação para muitas pessoas que no caso não residem em Belém pois a criação do novo projeto se deu logo que o auxilio emergencial foi cortado no Brasil, por isso o Presidente Jair Bolsonaro que não tem partido, foi muito criticado.

E Guilherme Boulos do PSOL e outros deputados criticam dizendo que no mês que o Jair Bolsonaro, atual presidente do país cortou o auxilio emergencial que vinha sendo para muitas pessoas a renda principal, os deputados de Belém aprovaram a renda básica aos moradores de Belém.

Criou o mesmo uma indagação para que todos enxerguem a diferença entre os deputados do país, com certeza o fato da aprovação desse projeto ainda trará muitos comentários, acima de tudo pelo fato do momento em que estamos vivendo e a atitude do presidente em não pensar no povo em si.

Acompanhe os diversos Programas Sociais aqui divulgados por este site.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *